Quem sou eu

Minha foto

sou jornalista, colunista social, editora chefe do portal vilmaborges, que possui 4 blogs/coluna que falam de Bauru e sua gente, além de assuntos  como  turismo,  gastronomia, beleza, decoração, saúde, notícias nacionais e internacionais, além de agenda cultural e coberturas fotográficas.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Curso da ABS Bauru aborda o vinho verde hoje, 28 na ASSENAG BAURU


 


Curso da ABS Bauru aborda o vinho verde
Evento, com degustação dê seis rótulos, será hoje dia 28

Os vinhos verdes são velhos conhecidos dos brasileiros, desde antes da abertura do mercado, na era Collor – quem não se lembra das marcas Gatão, Calamares e Casal Garcia sempre presente nas prateleiras? Ainda assim, esse tipo de vinho é, com frequência, mal compreendido. “O nome, ao contrário do que muitos pensam, não se origina da cor do vinho ou do grau de maturidade das uvas, mas da sua necessidade de ser consumido muito jovem, ainda na sua mais tenra infância”, explica Alfredo Kesan Júnior, presidente da ABS Bauru. 
Para esclarecer todas as confusões ao redor dos vinhos verdes, a ABS Bauru promove no dia 28, na sede da Assenag, um curso dedicado ao tema seguido por degustação. Fruto de uma parceria com a Comissão Vitivinícola Regional dos Vinhos Verdes, de Portugal, o evento será conduzido por Arthur Azevedo, diretor da ABS de São Paulo, e contará com a degustação de seis rótulos. As vagas são limitadas. O preço é de R$ 40,00 para associados da ABS e R$ 80,00 para interessados em geral.

História
A região demarcada dos vinhos, conhecida como Entre-Douro-e-Minho, tem como limites o rio Minho (ao norte, na fronteira com a Galícia) e zonas montanhosas que constituem a fronteira com a região do Douro (ao sul) e o Oceano Atlântico. Esta região pode ser considerada o berço de Portugal, pois dali partiram os reis católicos, rumo ao sul, combatendo os mouros e dando ao país o território que hoje ocupa. 
Em sua melhor forma, o vinho verde é um vinho seco, levemente frisante, de corpo leve e baixo teor de álcool (entre 8,5% a 11,5%), cuja principal característica é sua elevada acidez, o que lhe confere um grande frescor.
Atualmente, o mercado brasileiro tem a disposição uma boa diversidade de rótulos desse excelente vinho que é perfeito para o clima tropical. Sob medida como aperitivo ou para bebericar nos dias quentes, o vinho verde harmoniza muito bem com pratos de peixes delicados, mariscos, lulas à dorê, camarões fritos ao alho. Carnes brancas com molhos leves também o escoltam perfeitamente.

Serviço
Curso de Vinhos Verdes
Local: ASSENAG – Rua Doutor Fuas de Mattos Sabino, 1-15.
Data: 28/05/2013 - Horário: 19h30 às 22h
Valor: R$ 40,00 (associados da ABS) e R$ R$ 80,00. Informações e inscrições: http://absbauru.wordpress.com/

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário